Pular Links de NavegaçãoPágina inicial | Mídia | Fique de olho |

Fique de olho
Publicado em 28/9/2015 18:41:14

SUS

Saúde não é mercadoria

O Conselho Regional de Psicologia de São Paulo (CRP SP), às proximidades da 15ª Conferência Nacional de Saúde, vem a público reafirmar seu compromisso com a defesa intransigente do SUS e de todos seus princípios (universalidade, integralidade e equidade), destacando a importância da participação social na construção do que é não menos do que uma das maiores políticas públicas do mundo e que, além de promover saúde, contribui para a diminuição da inequidade no Brasil.

Manifestamos também intensa apreensão com o futuro do SUS, pois esta política pública, que pertence a todo o povo brasileiro, além de atualmente sofrer com seu subfinanciamento, sofre ataques contínuos de interesses privados que buscam o lucro com o sofrimento humano e consideram a saúde uma mercadoria e o SUS um mercado a ser explorado.

Nesse importante momento de exercício da Democracia Participativa, urge a defesa de política pública tão importante e necessária na defesa da vida, uma vez que, no presente contexto é preciso reforçarmos a garantia de condições e respeito às diretrizes do SUS, recuperando, assim, a História da Reforma Sanitária e da Reforma Psiquiátrica Antimanicomial.

Portanto, entendemos que as escolhas devem ser pautadas pelo Cuidado em Liberdade, pela garantia dos Serviços Públicos gratuitos e pelos pactos federativos, de forma republicana e democrática.

Desta forma suscitamos e conclamamos ao poder executivo a escolha de uma equipe que respeite esses princípios éticos e, ao poder legislativo, que respeite e apoie o fortalecimento desta importante política pública.

Por defender um Sistema Único de Saúde Universal, Integral, Igualitário, Antimanicomial, Público e Gratuito, afirmamos que o SUS não pode nunca ser considerado uma mercadoria ou moeda de troca.

Conselho Regional de Psicologia de São Paulo (CRP SP)