Pular Links de NavegaçãoPágina inicial | Mídia | Fique de olho |

Fique de olho
Publicado em 25/2/2015 16:47:11

30 HORAS

Na Luta pelas 30 Horas

O Congresso Nacional reuniu-se ontem (24) à noite para a análise de vetos presidenciais, dentre eles o veto nº 31/2014 ao projeto de lei que institui a carga horária máxima semanal de 30 horas para a Psicóloga(o). As lideranças partidárias não chegaram a um acordo sobre o procedimento de votação. Diante do impasse, a sessão foi encerrada antes que os vetos entrassem na pauta e adiada para a próxima terça-feira, 03 de março às 19hs.

Nos últimos dias, o CRP SP intensificou as ações nas Redes Sociais, por meio do Twittaço e Compartilhaço, e contatou todos os Senadores e Deputados do nosso Estado. Em contato telefônico com o Gabinete da Senadora Martha Suplicy, fomos informados que a mesma se comprometeu a apoiar a derrubada do veto.

O Sistema Conselhos de Psicologia e a Fenapsi estiveram presentes ontem em Brasília articulando com os parlamentares a importância da derrubada do veto ao PL das 30 Horas. O Deputado Tiririca manifestou-se favorável ao PL. O Deputado Ivan Valente divulgou nota no Facebook e YouTube apoiando a causa (https://www.youtube.com/watch?v=bzRBIRiLqtU). E o CRP SP recebeu pedido de esclarecimentos sobre o assunto do Deputado Ricardo Trípoli.

Nas palavras do Deputado Ivan Valente: "A maioria dos profissionais da saúde já trabalham 30 horas. Isso é uma recomendação da Organização Mundial da Saúde. Isso aumenta a qualidade do atendimento em saúde em todos os níveis, além de ser uma garantia do fortalecimento do Sistema Único Público de Saúde".

Aos que apoiam a causa, pedimos publicar e compartilhar vídeos, matérias, notas e manifestos nas redes sociais utilizando a hashtag #derrubeoveto31 e #30horasjápsicologia  e intensificar ainda mais a pressão sobre os parlamentares. A Fenapsi convoca a categoria e as lideranças sindicais para se deslocarem até Brasília na próxima semana. E o CRP SP pretende realizar uma nova mobilização nas Redes Sociais.

Clique aqui e conheça o histórico e as 30 Razões para as 30 Horas.

VAMOS À LUTA POR 30 HORAS JÁ!