Pular Links de NavegaçãoPágina inicial | Mídia | Fique de olho |

Fique de olho
Publicado em 23/11/2012 16:22:13

LUTO

CRP SP lamenta perda do professor Samuel Pfromm Neto

Faleceu, em São Paulo, no último sábado, 17 de novembro, aos 80 anos, o professor Samuel Pfromm Neto. O CRP SP lamenta essa perda para a Psicologia brasileira. Inquieto desde criança, Samuel começou sua vida profissional como jornalista e professor normalista. Mais tarde, se tornou psicólogo, pedagogo e historiador. Atualmente, era professor aposentado do Instituto de Psicologia da USP.

De um tempo em que não havia formação superior em Psicologia, o professor cursou pedagogia, mas o chamado para desempenhar a profissão de psicólogo não tardou. "Nesse contexto, como estudante norma lista, eu conheci a Psicologia e apaixonei-me por ela, uma paixão que já dura mais de meia centena de anos, pois eu me formei como professor primário na Escola Normal de Piracicaba em 1949. Desde os tempos de estudante normalista, eu me interessei pela aplicação da Psicologia ao ensino-aprendizagem, pelo desenvolvimento psicológico da criança e do adolescente, pelos fundamentos psicológicos da mídia a serviço da educação, pelas dificuldades de aprendizagem", contou Samuel em recente entrevista.

Especializado em Psicologia Escolar, deixa para a área, inúmeras e marcantes contribuições, fruto de seu compromisso e dedicação. "Com franqueza, se eu tivesse que nascer de novo, não mudaria absolutamente nada na minha vida, particularmente no que respeita à opção profissional. Mudaria somente as datas: gostaria de começar a partir do ano 2000, que marcará o início de uma fase maravilhosa na história da humanidade e, tenho certeza, na história da Psicologia. Já pensou quanta coisa boa vai acontecer nas próximas décadas? Felizes os (as) psicólogos (as) que estarão em plena atividade de 2000 a 2050". Que sua trajetória possa servir como referência aos (às) profissionais que atuam hoje na construção de uma sociedade mais justa e igualitária.