Pular Links de NavegaçãoPágina inicial | Mídia | Fique de olho |

Fique de olho
Publicado em 21/11/2012 17:23:43

ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS

Frente Drogas e Cidadania de SP é lançada em seminário no CRP SP; vídeo com as discussões já está disponível

Aconteceu em 8 de novembro, na sede do CRP SP, na capital paulista, o Seminário de Lançamento da Frente Drogas e Cidadania de São Paulo, que reúne entidades e organizações ligadas às lutas pelos direitos humanos. O CRP SP faz parte das instituições que integram a Frente de São Paulo e também está na Frente Nacional Drogas e Direitos Humanos (FNDDH).

Para a psicóloga e Conselheira do CRP SP, Marilia Capponi, uma das principais preocupações da Frente está relacionada às tentativas de internação compulsória de usuários de crack. "Devem ser adotadas medidas que se baseiem no respeito e no atendimento completo ao (à) usuário (a), com soluções de moradia, trabalho e retomada de vínculos familiares. Queremos outra perspectiva, não essa de internações em massa", afirma.


Cerca de 150 pessoas participaram do seminário, que no período da manhã contou com falas de representantes da Defensoria Pública de São Paulo, do Movimento Nacional de População de Rua e do Coletivo DAR. No segundo momento da atividade, aconteceu a primeira plenária da Frente, que contou com a participação de diversas entidades que trabalham com o tema. Entre as considerações realizadas estiveram a de que o lançamento da frente foi um sucesso, com a representatividade de diversas organizações, um debate qualificado e que, neste momento, é fundamental dar continuidade e não permitir o esvaziamento deste processo.

Foi sugerido que a Frente em SP trabalhe com dois eixos: reativo (estigmatização, plano crack, etc.) e propositivo (elaboração de políticas públicas). Além disso, é necessário também promover um debate sobre o uso não abusivo e qualificar a discussão antiproibicionismo.

Houve também reflexões sobre como intervir nos mecanismos institucionalizados de controle social. Uma das formas apontadas foi o envio de material da frente para os conselhos municipais que seguem fragilizados no estado de SP, o que exige ações que reorganizem as representações desses conselhos.

Para ficar interado (a) sobre as ações da Frente, acesse o blog: http://drogasedireitoshumanos.org/ ou a página do Facebook: https://www.facebook.com/fnddh?fref=ts

A íntegra do vídeo do seminário de lançamento da Frente também já está no ar no site do CRP SP. Confira: http://www.crpsp.org.br/portal/comunicacao/videos.aspx#