Pular Links de NavegaçãoPágina inicial | Mídia | Fique de olho |

Fique de olho
Publicado em 17/4/2012 14:26:43

PSICOLOGIA DO ESPORTE

Nota de esclarecimento sobre a organização da categoria em relação à temática

Em resposta ao debate iniciado nas redes sociais sobre a cessão do espaço institucional do CRP SP para reuniões da categoria quanto ao tema do Esporte, esclarecemos que:

O CRP SP, em consonância com as deliberações do VII CNP (Congresso Nacional de Psicologia), reconhece a importância das discussões relativas à Psicologia do Esporte, visando à organização da categoria, bem como a construção de referências para esse campo de atuação. Não resta dúvida sobre a necessidade de debates que auxiliem no aprimoramento da garantia de direito ao esporte, a fim de que ele seja oferecido de maneira adequada e de que a Psicologia, como ciência e profissão, possa contribuir para a efetivação de um projeto dessa natureza. O CRP SP mantém instâncias de debate sobre diferentes formas de atuação da Psicologia em seu site e outros meios de comunicação, como o Jornal PSI, o TV Diversidade, a coleção História e Memória da Psicologia, e outros.

Os grandes eventos relativos ao Esporte, bem como a atuação psicológica nesse contexto tem sido alvo de publicações, como por exemplo, a matéria divulgada pelo Jornal PSI - Edição 170 com o título Psicologia do Esporte: Em busca de um salto de qualidade, na qual o tema foi tratado de maneira abrangente, visando esclarecer suas especificidades e apontar para a amplitude de possibilidades de contribuição da Psicologia nesse campo.

No ano de 2011 também estivemos presentes no III Congresso Brasileiro de Psicologia do Esporte, organizado pela Associação Brasileira de Psicologia do Esporte - ABRAPESP; promovemos rodas de conversa sobre o tema em nossas subsedes e, como fazemos com as inúmeras entidades organizadas da Psicologia que nos solicitam, cedemos o espaço institucional do CRP SP para reuniões do LAPSE - Laboratório de Psicossociologia do Esporte. Esta gestão entende que o espaço do CRP SP é público e que, portanto, na ausência de atividades promovidas pela própria autarquia, pode ser ocupado pelos (as) psicólogos (as), em discussões que visem à organização da profissão e à melhoria do atendimento ofertado à população.

Destacamos que o CRP SP não mantém Comissão ou Grupo de Trabalho específico sobre a temática. Em 2012 esta autarquia passou a trabalhar por Projetos Integradores, que destacam as interfaces entre as áreas, o que inclui discussões e ações sobre Psicologia do Esporte.

Finalizamos esse posicionamento declarando que o CRP SP apoia a categoria nos mais diversos contextos de atuação, reconhece a riqueza presente na pluralidade temática, teórica e metodológica da Psicologia e defende o debate respeitoso, coerente e frutífero entre as diferentes entidades, o que só contribui para o crescimento de uma Psicologia comprometida com o zelo ético e técnico no exercício da profissão.

Colocamo-nos à disposição.
Conselho Regional de Psicologia
São Paulo, 22 de Março de 2012.