Pular Links de NavegaçãoPágina inicial | Mídia | Fique de olho |

Fique de olho
Publicado em 22/9/2009

DISLEXIA
Seminário questiona dislexia e prática de seu diagnóstico nas escolas

Com o objetivo de levar ao conhecimento do legislativo municipal e estadual paulista a polêmica que envolve o diagnóstico e o tratamento dos denominados transtornos ou distúrbios de aprendizagem, foi realizado, no último dia 21 de setembro, na Câmara Municipal de São Paulo, o Seminário Dislexia: Subsídios para Políticas Públicas.

O debate foi estendido também aos profissionais das áreas de Educação, Saúde e Assistência social, principalmente, e à população em geral. O projeto de lei em questão, ainda em trâmite na Câmara, institui o diagnóstico da dislexia na escola e o consequente encaminhamento para tratamento.

O encontro foi uma iniciativa do Gabinete do Vereador Eliseu Gabriel, do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo, do Sindicato dos Psicólogos no Estado de São Paulo e do Grupo Institucional Queixa Escolar, com apoio das Secretarias Municipais de Saúde e de Educação.

Na mesa, a discussão entre os palestrantes convidados girou em torno principalmente do questionamento a existência da dislexia e de críticas à prática de diagnósticos no ambiente escolar. O evento lotou o auditório da Câmara e foi transmitido ao vivo pela internet no site do CRP SP.

O seminário repercutiu na mídia e motivou algumas reportagens a respeito, como esta, veiculada no site Educar e Cuidar e que contou com a participação do CRP SP. O evento foi destaque inclusive no You Tube.

Para quem quiser conferir ou rever o seminário, deixamos disponíveis o vídeo do evento e os slides apresentados durante o encontro. Confira:

Vídeo:

Apresentações em slides

Maria Aparecida Affonso Moysés
Professora Titular em Pediatria Social da UNICAMP

Marilene Proença
Presidente do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo

Sandra Maria Monetti
Coordenadora do Programa Aprendendo com a Saúde

Sandra Viera Almeida
Área Técnica de Saúde da Pessoa com Deficiência

Aproveite para assinar o Manifesto contra o PL da dislexia, clique aqui e saiba mais.