Pular Links de NavegaçãoPágina inicial | Comunicação | Jornal PSI |

Políticas Públicas
Dia nacional de luta antimanicomial faz 24 anos
Aumentar textoDiminuir texto



A data de 18 de maio - o Dia Nacional da Luta Antimanicomial - simboliza o enfrentamento do estigma que ronda a pessoa que sofre com o transtorno mental, reafirma seu direito a um tratamento público, integral e de qualidade e a possibilidade desta pessoa exercer sua cidadania.

Criado em 1987 durante o II Congresso Nacional dos Trabalhadores em Saúde Mental, realizado na cidade de Bauru, e fortalecida com a promulgação da Lei da Reforma Psiquiátrica de 2001, o 18 de maio representa também a luta diária por uma sociedade sem manicômios, o respeito pelas diferenças e pela perspectiva da participação popular.

Para comemorar a data, o CRP SP e seus parceiros (Rede de Saúde Mental e Ecosol, Fórum da Luta Antimanicomial de Sorocaba-Flamas, Associação Vida em Ação, Abrasme, SinPsi) programaram uma série de atividades durante o período de 16 a 21 de maio. A Semana da Luta Antimanicomial será marcada por eventos na Sede e nas Subsedes, com ênfase na defesa do Sistema Único de Saúde-SUS e no fortalecimento das redes antimanicomiais.

Entre as atividades, podem ser destacados debates sobre a Psicologia das Emergências e Desastres, Políticas Públicas sobre Álcool e Drogas, Privatização do SUS, Saúde Mental para crianças e adolescentes, Economia Solidária, "Não ao Ato Médico" e Movimentos sociais antimanicomiais, além do lançamento da cartilha popular Bem-querer é o melhor remédio. Esses eventos serão realizados em São Paulo em diferentes locais da cidade.

Outros eventos estão sendo organizados na Grande São Paulo e no Interior. A programação completa e outras informações podem ser conferidas no site que o CRP criou especialmente para a Semana:

www.crpsp.org.br/lutaantimanicomial


volta ao índice deste número