Pular Links de NavegaçãoPágina inicial | Comunicação | Cadernos temáticos |

Apresentação

Em janeiro de 2008 o CRP-SP aprovou em sua plenária a criação do Grupo de Trabalho Psicologia e Questões LGBTTT com a finalidade de aproximar-se das novas discussões acerca da Diversidade Sexual que se apresentava na sociedade brasileira. Tratava- -se de reconhecer os referenciais teóricos e práticas psicológicas que envolviam a população de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais e também de dialogar com o movimento social LGBT.

Desde 1999, o Sistema Conselhos de Psicologia contava com a Resolução 01/99 indicando que psicólogos e psicólogas não devem identificar a homossexualidade como doença, perversão ou desvio. Contudo, entendeu-se naquele momento que a referida Resolução deveria ser novamente debatida com a categoria e com a sociedade, tendo em vista o retorno de concepções patologizantes da orientação sexual presentes nos segmentos conservadores da sociedade.

É notório que a Psicologia é chamada para opinar, avaliar, teorizar e intervir sobre as questões da sexualidade humana em diversos âmbitos da sua prática. E cabe ao Conselho de Psicologia lançar as diretrizes éticas e referências que respaldem esse "fazer" psicológico no que tange a essa temática específica.

A primeira ação que realizamos foi a organização do seminário: Psicologia e Questões LGBTTT em 29 de março de 2008, que contou com a participação de referências nacionais na área de psicologia, sexualidade e gênero. Alguns artigos desse Caderno são oriundos deste seminário.

Desta atividade surgiram perspectivas e novas referências para atuarmos no âmbito das políticas públicas para a população LGBT. Assim, nos meses seguintes estivemos organizadamente envolvidos nas Conferências Regionais LGBT, na Conferência Estadual e, finalmente, marcamos presença na Conferência Nacional GLBT, em junho de 2008.

As ações e discussões que ocorreram em 2008, fomentadas pela intensa parceria com o movimento social, incluíram a organização de outros eventos, publicação no jornal PSI, videoclube, TV Diversidade, o que consolidou a necessidade de continuidade do Grupo de Trabalho, mas com uma nova configuração.

Desta forma, em janeiro de 2009, a plenária do CRP-SP constituiu a Comissão de Sexualidade e Gênero (e extinguiu o GT Psicologia e Questões LGBTTT), objetivando fortalecer e dar continuidade ao projeto anteriormente proposto. Neste momento também são iniciados os eventos de comemoração de 10 anos da Resolução 01/99.

A comemoração dos 10 anos da Resolução 01/99 foi marcada por um grande envolvimento do movimento social e culminou com a participação de um carro do CRP-SP na Parada do Orgulho LGBT em junho de 2009.

Também realizamos, em parceria com a Associação da Parada do Orgulho LGBT, um novo seminário que gerou alguns dos artigos que compõem esse Caderno Temático.

Com a publicação deste material esperamos divulgar e ampliar o alcance das nossas discussões permitindo que outros profissionais e a sociedade em geral possam compartilhar de nossa caminhada.

Sandra Elena Sposito - Conselheira da Gestão 2007/2010 e Coordenadora da Comissão Sexualidade e Gênero - 2008/2010.

Ana Ferri de Barros - Conselheira do CRP SP e Coordenadora da Comissão de Sexualidade e Gênero - Gestão 2010/2013.





Voltar ao índice