PSI Site do Conselho Regional de Psicologia 6ª Região - São Paulo

Eventos CRP SP

.:: Programação

Eventos Preparatórios - 10º Congresso Nacional da Psicologia (CNP)



Encontro Aberto de Psicologia e Políticas Públicas

Data: 12 de dezembro de 2018 (quarta-feira)
Horário: 18h30 às 22h00
Local: Auditório do SINPSI - Sindicato dos Psicólogos de São Paulo
Endereço: Rua Aimberê, 2053, Perdizes, São Paulo, SP
Entrada gratuita
Importante! Sua inscrição será garantida até o horário indicado para o início do evento.
Clique aqui para se inscrever

A Comissão de Políticas Públicas convida a todas e todos para u debate sobre Psicologia, direitos sociais e Políticas Públicas. Na Ocasião teremos oportunidade de diálogo e formulação de propostas para o COREP, em que indicaremos os horizontes da Psicologia e do Sistema Conselhos para os próximos três anos. Contamos com a presença de todas (os).

Programação

18h30 às 19h00Credenciamento e Café de Boas-vindas

19h00 às 19h30Mesa de Abertura

Beatriz Borges Brambilla - Conselheira do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06

19h30 às 21h30Debate - Psicologia e Políticas Públicas

21h30 às 21h45Formulação de proposta para o 10º COREP

21h45 às 22h00Considerações Finais

22h00Encerramento


Informações:
Departamento de Eventos do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06
Tel.: 11 - 3061.9494, ramais 334, 336, 337, 355, 356 e 357
E-mail: eventos03@crpsp.org.br




Nossa luta Cria: Autonomia profissional da psicologia diante do Sigilo

Data: 14 de dezembro de 2018 (sexta-feira)
Horário: 17h00 às 22h00
Local: Auditório do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP SP
Endereço: Rua Arruda Alvim, 89, Jd. América, São Paulo, SP
Entrada gratuita
Importante! Sua inscrição será garantida até o horário indicado para o início do evento.
Clique aqui para se inscrever

Considerando que em 2004 o CRP-SP realizou fóruns regionais para as discussões do Código de Ética por meio da COE, com vistas à elaboração de propostas para o Fórum Nacional em Brasília, que resultou em um novo Código de Ética da Psicologia;
Considerando que aspectos pertinentes ao Código de Ética, relacionados ao sigilo que foram abordados em 2016 por meio de nota técnica formalizada pelo CFP na qual não houve o devido debate acerca da prática da comunicação externa nos casos de violência contra mulher que implica na violação do sigilo;
Considerando que o CRP-SP produziu em 2016 parecer contrário à nota técnica do CFP "Orientação profissional em casos de violência contra a mulher: casos para a quebra do sigilo profissional.", sobre a comunicação externa sem considerar os impactos do papel do profissional da psicologia na violação do sigilo, como no manejo do vínculo terapêutico;
Considerando que em abril de 2017 foi promulgada a Lei 13.431 que estabelece o sistema de garantia de direitos da criança e do adolescente vítima ou testemunha de violência e altera a Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente);
Considerando que a referida escuta especial e o depoimento especial interferem diretamente nas questões de sigilo profissional e que não se configuram atribuição da psicóloga e do psicólogo realizar o depoimento especial por ferir o sigilo e autonomia profissional;
O CRP-SP convoca a categoria a realizar um debate crítico e propositivo a respeito do atual cenário em que se encontram as temáticas relacionadas ao sigilo profissional no contexto da violência nas diversas áreas de atuação.

Programação

17h00 às 18h00Credenciamento e Café de Boas-vindas

18h00 às 18h30 Mesa de Abertura

Magna Barbosa Damasceno - Conselheira do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06.

18h30 às 20h30Palestra

Jorge Broide - Psicólogo, psicanalista e analista institucional. Professor do Curso de Psicologia da PUC/SP, membro da Associação Psicanalítica de Porto Alegre (APPOA).

Mediadora

Magna Barbosa Damasceno - Conselheira do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06.

20h30 às 22h00Debate Propositivo da categoria

22h00Encerramento


Informações:
Departamento de Eventos do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06
Tel.: 11 - 3061.9494, ramais 334, 336, 337, 355, 356 e 357
E-mail: eventos04@crpsp.org.br
Estacionamento:
Ellus Park
Rua Cardeal Arcoverde, 201, Jardim América, São Paulo, SP
Para obter o desconto, retire o selo na recepção do CRP SP




Eventos já realizados:



EXERCÍCIO DA MATERNIDADE E PROTEÇÃO SOCIAL

Data: 10 de dezembro de 2018 (segunda-feira)
Horários:
Oficina: 10h00 às 12h00 - Capacidade: 100 lugares (Clique aqui para se inscrever)
Evento: 14h00 às 21h30 - Capacidade: 700 lugares (Clique aqui para se inscrever)

Local: Auditório Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo
Endereço: Largo São Francisco, 95, Centro, São Paulo, SP.
Entrada gratuita
Importante! Sua inscrição será garantida até o horário indicado para o início do evento.

No dia 10 de dezembro do presente ano a Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de São Paulo, por iniciativa da Comissão Extraordinária Permanente de Direitos Humanos, realizará uma audiência pública sobre o tema da maternidade em nosso município, com ênfase nas mulheres que encontram-se em situação de rua, gestantes ou acompanhadas de seus filhos, e que tenham vulnerabilidades na área da saúde, tais como uso de substâncias psicoativas, de saúde mental, dentre outras.
A Audiência será precedida uma oficina e de duas mesas de discussão sobre o tema, realizadas pela Clínica de Direitos Humanos Luiz Gama da Faculdade de Direito da USP e o Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06, sendo todas as mesas realizadas na Faculdade de Direito do Largo São Francisco - USP.

A maternidade em situação de rua e/ou uso de drogas é um assunto complexo, que envolve os direitos das mães e das crianças implicadas. O objetivo dos eventos é visibilizar o tema, debater insuficiências das políticas públicas existentes, fortalecer redes de proteção e iniciativas já existentes e desenhar alternativas de garantias de direitos para esse público, uma vez que o direito das famílias envolvidas encontra-se amplamente protegido pelo ordenamento jurídico vigente.

A Constituição Federal garante proteção à família, maternidade e infância, além estabelecer a prioridade absoluta das crianças. O Estatuto da Criança e do Adolescente prioriza a convivência familiar, independente do uso de entorpecentes, e não permite que pais percam o poder familiar por causa da carência de recursos materiais.

Nesse contexto, os Ministérios da Saúde e do Desenvolvimento Social e Combate à Fome redigiram a Nota Técnica 001/16, que estabelece o fluxo de cuidado e atendimento à mulheres gestantes e com crianças na primeira infância. A prioridade é o cuidado em rede pela saúde e assistência social, envolvendo diversos agentes da política pública e buscando manter o vínculo entre mãe e filha/o. No entanto, existem diversas dificuldades para a consolidação desse fluxo ideal de atendimento na cidade de São Paulo que poderiam se beneficiar a partir do acúmulo das trabalhadoras e trabalhadores da área, pesquisadoras e pesquisadores e a sociedade civil organizada, grupos que potencialmente serão ouvidos na referida audiência.

Convidamos todas e todos para contribuir com o debate e pensarmos em formas pelas quais a sociedade civil e o Estado podem interferir em prol da proteção desse público.

No período das 14h00 às 19h00 ocorrerá o evento acadêmico sobre o tema, que propõe-se a qualificar os debates a serem realizados na Audiência Pública, organizado pela Clínica de Direitos Humanos Luiz Gama e o Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06, e logo após, às 19h00, terá início a Audiência Pública.  

No link a seguir é possível acessar um material compilado sobre a temática, e que, ao final, consta a Nota Técnica Federal mencionada (https://issuu.com/cdh.luiz.gama/docs/relatorio_primeira_infancia)
A participação se dará presencialmente, dia 10/12/2018 na audiência na Faculdade de Direito da USP, mas também, por meio de formulários e chamada de trabalhos a serem disponibilizadas nos canais de mídia da CDHLG (https://www.facebook.com/clinicaluizgama/) e do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06 (https://www.facebook.com/crpsp/).

Programação

09h30 às 10h00Credenciamento e Café de Boas-Vindas.

10h00 às 12h00Oficina Exercício da Maternidade e Proteção Social: Relatos de Práticas de Trabalhos

Isadora Simões de Souza - Psicóloga. Professora da Universidade Anhembi Morumbi-UAM/São Paulo, mestre em saúde mental e cursa doutorado na PUC-SP, discutindo o tema das mulheres usuárias de drogas e a retirada dos bebês.

Amanda Naves Drummond - Advogada. Bacharela em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais (2016), com experiência na área de promoção e proteção aos direitos humanos. Representante da Clínica de Direitos Humanos da Universidade Federal de Minas Gerais.  

Sônia Lansky - Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais, mestrado em Saúde Pública pela Universidade Federal de Minas Gerais e doutorado em Saúde Pública pela Universidade Federal de Minas Gerais; pós-doutorado pela ENSP/Fiocruz. Atuou como consultora do Ministério da Saúde, foi coordenadora regional da Pesquisa Nascer no Brasil da Escola Nacional de Saúde Pública - Fiocruz. É pesquisadora do GPEAS-Grupo de Pesquisas em Epidemiologia e Avaliação em Saúde, da FM/UFMG e professora colaboradora da Pós-graduação em Promoção da Saúde e Prevenção da Violência da Faculdade de Medicina UFMG. É médica da Prefeitura de Belo Horizonte, onde coordenou o Comitê de Prevenção de Óbitos Materno, Fetal e Infantil e a Comissão Perinatal de 1999 a 2016.

Eroy Aparecida Da Silva - Psicoterapeuta Familiar e Comunitária, Pesquisadora na Área de Álcool e Outras Drogas, Pareceristas de revistas nacionais sobre o tema, autores de vários livros, Ativista Social atuando em vários coletivos na cidade de SP.

Egidia Maria de Almeida Aiexe - Coordenadora técnica do projeto de extensão e pesquisa social aplicada padhu- plataforma de atenção integral a mulheres vulnerabilizadas vivenciando a maternagem, do Programa Polos de Cidadania, da Faculdade de Direito da UFMG. Graduação em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais (1990). Graduação em letras pela Universidade Federal de Minas Gerais (1984) e mestrado em direito constitucional pela Universidade Federal de Minas Gerais (2006).

13h30Evento "Exercício da Maternidade e Proteção Social"

13h30 às 14h00Credenciamento e Café de Boas Vindas

14h00Mesa de Abertura

Beatriz Borges Brambilla - Conselheira do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06.

Janaina Dantas Germano Gomes - Representante da Clínica de Direitos Humanos Luiz Gama da Faculdade de Direito da USP.

Guilherme Assis de Almeida - Possui graduação em Direito pela Universidade de São Paulo (1990) e doutorado em Direito pela Universidade de São Paulo (2001). Atualmente é ms3 da Faculdade de Direito da USP. Tem experiência na área de Ciências Sociais, com ênfase em Direitos Humanos, atuando principalmente nos seguintes temas: direitos humanos, direito internacional, não violência, violência e refugiado.

Thais Nascimento Dantas - Representante do Instituto Alana.

14h30 às 16h15Mesa 01: Por que falar de Maternidade e Vulnerabilidade Social

Vera Iaconelli - Mestre e Doutora pelo Instituto de Psicologia da USP. Diretora do Instituto Brasileiro de Psicologia Perinatal e Parental Gerar. Membro do Departamento de Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae. Psicanalista participante dos Fóruns do Campo Lacaniano de São Paulo.

Silvia Brasiliano - Psicóloga. Psicanalista. Doutora em Ciências pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Coordenadora do Programa da Mulher Dependente Química (PROMUD) do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (IPq - HC - FMUSP). Sócia-fundadora e tesoureira eleita nas gestões 2005-2007 e 2007-2009 da Associação Brasileira Multidisciplinar de Estudos sobre Drogas. Membro da ABRAMD Clínica. Coautora do livro ?Como lidar com o Alcoolismo? da Editora Hogrefe, lançado em 2018.

Júnia Roman Carvalho - Defensora Pública há 20 anos. Atuação Atual: Defensoria Especializada em Direitos Humanos, Coletivos e Socioambientais. Atuações anteriores: Segunda instância criminal, Tribunal do Júri, Varas Criminais, NUDEM - Núcleo de Defesa da Mulher.

Eunice Teresinha Fávero - Assistente Social Aposentada do TJSP; Mestre e Doutora em Serviço Social; Professora/Coordenadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Crianças e Adolescentes, da Pós-Graduação em Serviço Social/PUCSP; Pesquisadora/autora de livros e artigos em temáticas relacionadas à área sociojurídica, dentre outras ?Questão Social e Perda do Poder Familiar.

16h15 às 16h30Café da Tarde

16h30 às 19h00Mesa 02: Como atuar na proteção à Maternidade em situação de Vulnerabilidade

Representante do Amparo Maternal.

Patrick James Reason - Inglês naturalizado brasileiro, Engenheiro e Teólogo. Fundador e gestor da OSC Encontro com Deus, que realiza o acolhimento de crianças e suas mães no município de Curitiba/PR. Conselheiro do CMDCA e Presidente do CMAS de Curitiba. É secretário nacional do Movimento Nacional Pró Convivência Familiar e Comunitária. Participou da elaboração do Diagnóstico da situação de crianças e adolescentes de Curitiba. Tem realizado várias palestras e contribuído na elaboração de políticas públicas no tema família, crianças e adolescentes no Brasil.

Carolina Aparecida Campos - Psicóloga e neuropsicóloga. Coordenadora técnica da casa da gestante de Campinas.

Marcela Cintra Garrafa Diniz - Psicóloga da Casa da Gestante de Campinas.

Luiz Tokuzi Kohara - Educador popular e membro do Centro Gaspar Garcia de Direitos Humanos. Atuação: direitos humanos, direito à cidade, moradia, população em situação de rua. Pós-doutorado nas áreas de sociologia urbana na USP e habitação UFABC.

Mediadora da Mesa
Ariane Goim Rios - Mestre em Saúde Coletiva pela Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP ( 2017). Pós graduada em Dependência Química (UNIFESP, 2012) e Psicoterapia Analítica de Grupo (SPAG, 2010). Graduação em Psicologia pela Universidade São Francisco (2006). Atualmente é Diretora do Departamento de Proteção Social Especial da Unidade de Gestão e Assistência Social da Prefeitura de Jundiaí, com direção de serviços para pessoas em situação de rua; mulheres vítimas de violência doméstica; famílias em situação de violência. Presidente do COMAD (Conselho Municipal Antidrogas) de Jundiaí (2018-2020). Trabalhou por sete anos como psicóloga da Defensoria Pública do Estado de São Paulo, onde atuou na área da infância e juventude; criminal e família. Foi articuladora da Comissão Flores de Lótus (rede intersetorial de mulheres gestantes usuárias de álcool e outras drogas e/ou em situação de rua). Tem experiência na área da Psicologia Jurídica, Clínica e Social.

19h00 às 21h30Mesa 03: Audiência Pública: Políticas públicas de cuidado à maternidade em situação de vulnerabilidade social

Júnia Roman Carvalho - Defensora Pública há 20 anos. Atuação Atual: Defensoria Especializada em Direitos Humanos, Coletivos e Socioambientais. Atuações anteriores: Segunda instância criminal, Tribunal do Júri, Varas Criminais, NUDEM - Núcleo de Defesa da Mulher.

Amanda Naves Drummond - Advogada. Bacharela em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais (2016), com experiência na área de promoção e proteção aos direitos humanos. Representante da Clínica de Direitos Humanos da Universidade Federal de Minas Gerais.

Sônia Lansky - Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais, mestrado em Saúde Pública pela Universidade Federal de Minas Gerais e doutorado em Saúde Pública pela Universidade Federal de Minas Gerais; pós-doutorado pela ENSP/Fiocruz. Atuou como consultora do Ministério da Saúde, foi coordenadora regional da Pesquisa Nascer no Brasil da Escola Nacional de Saúde Pública - Fiocruz. É pesquisadora do GPEAS-Grupo de Pesquisas em Epidemiologia e Avaliação em Saúde, da FM/UFMG e professora colaboradora da Pós-graduação em Promoção da Saúde e Prevenção da Violência da Faculdade de Medicina UFMG. É médica da Prefeitura de Belo Horizonte, onde coordenou o Comitê de Prevenção de Óbitos Materno, Fetal e Infantil e a Comissão Perinatal de 1999 a 2016.

Dayse Cesar Franco Bernardi - Psicóloga, Mestre em Psicologia Social (PUC/SP), Especialista em Psicologia Jurídica (CFP) e Especialista no tema Violência Doméstica Contra Crianças e Adolescentes (USP/SP). Pesquisadora Associada, Membro do Comitê Gestor e do Comitê de Desenvolvimento de Projetos e Pesquisas do NECA - Associação dos Pesquisadores dos Núcleos de Estudos e Pesquisas sobre a Criança e o Adolescente (desde 2006); Coordenadora do Curso de Especialização em Psicologia Jurídica do Instituto Sedes Sapientiae desde 1999. Membro do Comitê Gestor e representante da região sudeste no Movimento Nacional Pró Convivência Familiar e Comunitária. Participante do Movimento pela Proteção Integral de crianças e adolescentes. Consultora sobre direitos de crianças e adolescentes, políticas públicas e Sistema de Garantia de Direitos. Autora de livros e textos na área.

Bruna Angotti - É doutoranda (2014 -2018) e mestre em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo (2011) e especialista em Criminologia pelo Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (2010).Entre julho de 2017 e fevereiro de 2018 realizou período de estágio doutoral, com bolsa sanduíche CAPES, no Departamento de Criminologia da Universidade de Ottawa (Canadá). Possui graduação em Direito pela Universidade de São Paulo (2006) e graduação em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2007). É pesquisadora do Núcleo de Antropologia do Direito - Nadir. É professora de linguagem jurídica, metodologia da pesquisa jurídica e de antropologia jurídica na graduação em direito na Universidade Presbiteriana Mackenzie, em São Paulo (UPM-SP). É vice-lider do grupo de pesquisa "Mulher, Sociedade e Direitos Humanos", na Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Eduardo Dias de Souza Ferreira - Possui graduação em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1987), mestrado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2001) e doutorado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2006). Atualmente é professor da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo na Graduação e na Pós Graduação na área de Direitos Humanos com enfase em Infância e Juventude e Chefe do Departamento de Direitos Difusos e Coletivos. Integra o corpo docente dos cursos de especialização da Escola Superior do Ministério Público de São Paulo. É também 15º PJ da Infância e Juventude da Capital, com atribuições na área de Direitos Difusos e Coletivos da Infância.

Eduardo Matarazzo Suplicy - Vereador do Município de São Paulo. Presidente da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Câmara Municipal de São Paulo.

Sâmia Bonfim - Vereadora do Município de São Paulo.

Beatriz Borges Brambilla - Conselheira do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06.

Janaina Dantas Germano Gomes - Representante da Clínica de Direitos Humanos Luiz Gama da Faculdade de Direito da USP.

Thais Nascimento Dantas - Representante do Instituto Alana.

Demais Autoridades Convidadas:

Defensoria Pública do Estado de São Paulo.

Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social de São Paulo.

Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo.

Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo.

Secretaria Municipal de Habitação de São Paulo.

Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo.


21h30 Encerramento


Informações:
Departamento de Eventos do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06
Tel.: 11 - 3061.9494, ramais 334, 336, 337, 355, 356 e 357
E-mail: eventos05@crpsp.org.br




A potência da Psicologia Obstétrica na prática interdisciplinar: uma análise crítica da realidade brasileira

Data: 08 de Dezembro de 2018 (sábado)
Horário: 08h00 às 18h00
Local: Hotel Pestana São Paulo
Endereço: Rua Tutóia, 77, Jardim Paulista, São Paulo, SP
Entrada gratuita
Importante! Sua inscrição será garantida até o horário indicado para o início do evento.
Clique aqui para se inscrever

Obstetrícia é uma palavra derivada do latim e tem sua origem no verbo "obstare", que significa "ficar ao lado". A Psicologia Obstétrica, definida por Fátima Bortoletti em 2010, portanto, se propõe a utilizar os recursos teóricos, técnicos e éticos da Psicologia para "estar ao lado" das pessoas durante o período reconhecido como Ciclo Gravídico Puerperal.

A Psicologia Obstétrica ainda é uma área em construção, sem delimitações claras. Visa refletir, pesquisar e intervir sobre aspectos psicológicos envolvidos em situações como: desejo ou não de ter filhos, gravidez compulsória, abortamento, maternidade real e idealizada, parentalidade, conjugalidade, parto, pós-parto, adoção, entre tantas outras experiências correlatas.

Psicólogas e psicólogos que atuam e estudam esta área tem lidado com temas transversais à obstetrícia, tais como: violência no parto, racismo, negligência, preconceito, entre outros, que merecem atenção e ação diante dos índices alarmantes e suas consequências psicológicas. Diante disso, o Conselho Regional de Psicologia - CRP 06, por meio da Comissão de Políticas Públicas, se propôs a reunir psicólogas(os) para discutir e planejar ações relacionadas ao tema.



Programação

08h00 às 09h30Credenciamento e Café de Boas-vindas

09h30 às 10h00 Mesa de Abertura

Beatriz Borges Brambilla - Conselheira do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06.

Miria Benincasa - Psicóloga e Professora Doutora e orientadora de Mestrado e Doutorado em Psicologia da Saúde da Universidade Metodista de São Paulo e de Psicossomática da Universidade Ibirapuera. Desenvolve pesquisas em intervenções em Psicologia Obstétrica e Primeiríssima Infância.

Paula Machado - Defensora pública do estado de São Paulo e coordenadora do Núcleo especializado de proteção e defesa dos direitos das mulheres.

Palestras

10h00 às 12h30Mesa 1 - "As Mulheres e as Maternidades: uma história de violência e privilégios"

Fernanda Lopes

Anna Carol Cabral

Mediadora
Letícia da Silva Moura - Letícia da Silva Moura, psicóloga no Ambulatório de Atendimento às Doenças Transmissíveis de Cubatão, mestranda em Ciências da Saúde Unifesp Baixada Santista, colaboradora e membro do Núcleo de Psicologia e Relações Etnicorraciais do CRP SP e Baixada Santista, atua no atendimento às mulheres vítimas de violência sexual, pesquisadora da temática racismo e saúde mental da população negra.

12h30 às 14h00Intervalo

14h00 às 15h30 Mesa 2 - "Leituras críticas da maternidade"

Irene Rocha Kalil - é jornalista e doutora em Informação e Comunicação em Saúde (Icict/Fiocruz), realizando pesquisas acerca dos discursos sobre amamentação e maternidade numa perspectiva de gênero. Atua como coordenadora de comunicação do Instituto Nacional de Saúde da Mulher, Criança e Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz).

Valeska Maria Zanello de Loyola - Possui graduação em Filosofia pela Universidade de Brasília (2005), graduação em Psicologia pela Universidade de Brasília (1997), e doutorado em Psicologia pela Universidade de Brasília (2005) com período sanduíche de um ano na Université Catholique de Louvain (Bélgica). Professora adjunta 3 do departamento de Psicologia Clínica da Universidade de Brasília, orientadora de mestrado e doutorado no Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica e Cultura (PPG-PSICC).

Mediadora:
Adriana Navarro

15h30 às 16h00Intervenção artística

16h00 às 17h30Mesa 3 - Atuação critica da violência obstétrica

Alessandra da Rocha Arrais - Possui Graduação, Mestrado e Doutorado e Pós-doutrado pela Universidade de Brasília (UnB) no Programa de Psicologia Clínica e Cultura. Psicóloga Hospitalar da Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal (SES-DF). Docente permanente e orientadora do Programa de Mestrado Profissional em Ciências da Saúde da Escola Superior em Ciências da Saúde (ESCS) da FEPECS/ SES-DF. Pesquisadora da Fundação de Apoio à Pesquisa do DF (FAP-DF).

Ariane Goim Rios - Mestre em Saúde Coletiva pela Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP ( 2017). Pós graduada em Dependência Química (UNIFESP, 2012) e Psicoterapia Analítica de Grupo (SPAG, 2010). Graduação em Psicologia pela Universidade São Francisco (2006). Atualmente é Diretora do Departamento de Proteção Social Especial da Unidade de Gestão e Assistência Social da Prefeitura de Jundiaí, com direção de serviços para pessoas em situação de rua; mulheres vítimas de violência doméstica; famílias em situação de violência. Presidente do COMAD (Conselho Municipal Antidrogas) de Jundiaí (2018-2020). Trabalhou por sete anos como psicóloga da Defensoria Pública do Estado de São Paulo, onde atuou na área da infância e juventude; criminal e família. Foi articuladora da Comissão Flores de Lótus (rede intersetorial de mulheres gestantes usuárias de álcool e outras drogas e/ou em situação de rua). Tem experiência na área da Psicologia Jurídica, Clínica e Social.

Mediadora:
Isabel Bernardes

17h30 às 18h00Considerações Finais e Encerramento


Informações:
Departamento de Eventos do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06
Tel.: 11 - 3061.9494, ramais 334, 336, 337, 355, 356 e 357
E-mail: eventos07@crpsp.org.br




Encontro aberto - Envelhecimento e Políticas Públicas

Data: 07 de Dezembro de 2018 (sexta-feira)
Horário: 18h00 às 20h45
Local: Espaço Psi - Auditório do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP SP
Endereço: Rua Arruda Alvim, 89, Jd. América, São Paulo, SP
Entrada gratuita
Importante! Sua inscrição será garantida até o horário indicado para o início do evento.
Clique aqui para se inscrever

Programação

18h00 às 18h30Credenciamento e Café de Boas-vindas

19h00 às 19h15Mesa de Abertura

Ruth Gelehrter da Costa Lopes

19h15 às 19h45 Mesa: Garantia, proteção e defesa dos direitos da população idosa.

19h45 às 20h15Debate

20h15 às 20h45 Formulação de proposta para o COREP

20h45Encerramento


Informações:
Departamento de Eventos do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06
Tel.: 11 - 3061.9494, ramais 334, 336, 337, 355, 356 e 357
E-mail: eventos04@crpsp.org.br
Estacionamento:
Ellus Park
Rua Cardeal Arcoverde, 201, Jardim América, São Paulo, SP
Para obter o desconto, retire o selo na recepção do CRP SP




Reunião Aberta do História e Memória da Psicologia

Data: 07 de dezembro de 2018 (sexta-feira)
Horário: 14h00 às 17h00
Local: CEDOC
Endereço: Rua Oscar Freire, 1800, Jardim América, São Paulo, SP, próximo ao Metrô Clínicas.
Entrada gratuita
Importante! Sua inscrição será garantida até o horário indicado para o início do evento.
Clique aqui para se inscrever

Reunião Aberta do GT História e Memória como parte dos eventos preparatórios para o 10º CNP.

Programação

14h00 às 15h00Credenciamento e Café de Boas-vindas

15h00 às 17h00 Discussão de Propostas

Rodrigo Toledo - Conselheiro do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06.

17h00Encerramento


Informações:
Departamento de Eventos do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06
Tel.: 11 - 3061.9494, ramais 334, 336, 337, 355, 356 e 357
E-mail: eventos06@crpsp.org.br
Estacionamento:
Ellus Park
Rua Cardeal Arcoverde, 201, Jardim América, São Paulo, SP
Para obter o desconto, retire o selo na recepção do CRP SP




Simpósio Estadual de Psicologia no Trânsito

Data: 07 de Dezembro de 2018 (sexta-feira)
Horário: 08h30 às 19h00
Local: Auditório Carlos Ayres, Universidade Cruzeiro do Sul - UNICSUL - Campus Anália Franco
Endereço: Avenida Regente Feijó, 129, Anália Franco, São Paulo, SP
Entrada gratuita
Importante! Sua inscrição será garantida até o horário indicado para o início do evento.
Clique aqui para se inscrever

O Simpósio Estadual de Psicologia do Trânsito servirá como evento preparatório para o 10º Congresso Regional de Psicologia (COREP), instância máxima de deliberação da categoria acerca das prioridades para o próximo triênio de gestão do Conselho Regional de Psicologia do Estado de São Paulo (CRP-SP). Esse evento pretende oportunizar a apresentação de ações que o CRP, via Núcleo Temático do Trânsito e mobilidade Urbana (NTMU) realizou por todo o Estado, ao criar, debater e aprimorar temáticas vinculadas às práticas profissionais, construindo condições para a qualificação do exercício profissional e a ampliação dos espaços de inserção da psicologia no contexto do trânsito e da mobilidade urbana.

Programação

08h30 às 09h00Credenciamento e Café de Boas-vindas

09h00 às 10h30 Mesa de Abertura

Juliel Modesto de Araujo - Coordenador do Núcleo de Trânsito e Mobilidade Urbana do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06.

Fernanda Lou Sans Magano - Psicóloga na Secretaria de Administração Penitenciária; Presidente do SinPsi-SP - Sindicato dos Psicólogos do Estado de São Paulo; Vice presidente da FENAPSI - Federação Nacional dos Psicólogos; Conselheira Nacional de Saúde

Frederico Pierotti Arantes - Brasileiro, advogado, atuando no serviço público desde 2012, junto a Diretoria de Credenciamento do DETRAN/SP, onde desenvolveu as atividades de gerente de credenciamento dos parceiros, assessor da presidência e assessoria em legislação de trânsito. É o atual presidente do CETRAN/SP pelo 2º mandato e vice-presidente do FOCOTRAN (Fórum Nacional dos Conselhos de Trânsito).

Renan da Cunha Soares Junior - Especialista em Psicologia do Trânsito (CFP), Mestre e Doutorando em Psicologia (UCDB-MS), Professor e Pesquisador de Psicologia do Trânsito, Membro da Câmara Temática de Saúde e Meio Ambiente do CONTRAN 2017-2018 (Representando o CFP), Membro da Comissão de Psicologia do Trânsito do CFP.

Representante da Universidade Cruzeiro do Sul - UNICSUL

10h30 às 12h00Mesa 1 - "Ampliação dos espaços de inserção e atuação profissional"

Renan da Cunha Soares Junior - Especialista em Psicologia do Trânsito (CFP), Mestre e Doutorando em Psicologia (UCDB-MS), Professor e Pesquisador de Psicologia do Trânsito, Membro da Câmara Temática de Saúde e Meio Ambiente do CONTRAN 2017-2018 (Representando o CFP), Membro da Comissão de Psicologia do Trânsito do CFP.

Mediadora
Roselaine de Oliveira Giusto - Graduação em PSICOLOGIA pela Universidade Paulista (2007). Mestrado em Educação Especial pela Universidade Federal de São Carlos (ênfase em Prevenção), pós-graduanda em Intervenção Familiar: Psicoterapia e Orientação Sistêmica (FAMERP) e Gestão Avançada de Recursos Humanos (INPG). Professora no Curso de Psicologia do Instituto Municipal de Catanduva (IMES). Atua como Psicóloga Clínica com enfoque em Terapia Conjugal e Familiar.

12h00 às 14h00Intervalo

14h00 às 15h30Mesa 2 - "Intensificar diálogo com o DETRAN sobre legislação da área da Psicologia (deliberação 4)"

Renan da Cunha Soares Junior - Especialista em Psicologia do Trânsito (CFP), Mestre e Doutorando em Psicologia (UCDB-MS), Professor e Pesquisador de Psicologia do Trânsito, Membro da Câmara Temática de Saúde e Meio Ambiente do CONTRAN 2017-2018 (Representando o CFP), Membro da Comissão de Psicologia do Trânsito do CFP.

Cristiane Carneiro Homem de Mello - Formada desde 1990 em Psicologia (licenciatura e Barachelado-Univ. Paulista/Objetivo); Especialista na área do Trânsito; Especialista em orientação Vocacional pelo SEDES SAPIENTIAE; Atua como membro de diretoria SINPSI; Representante do SINPSI no Detran/SP.

15h30 às 17h00Mesa 3 - "Eficiência técnica e rigor ético na atuação da psicóloga credenciada no DETRAN"

Reginaldo Branco da Silva - Conselheiro do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06.

Mediadora
Monalisa Muniz Nascimento - Conselheira do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06.

17h00Encerramento




Informações:
Departamento de Eventos do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06
Tel.: 11 - 3061.9494, ramais 334, 336, 337, 355, 356 e 357
E-mail: eventos04@crpsp.org.br


Lançamento do relatório da fiscalização nacional em comunidades terapêuticas

Data: 06 de Dezembro de 2018 (quinta-feira)
Horário: 18h30 às 22h00
Local: Auditório do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP SP
Endereço: Rua Arruda Alvim, 89, Jd. América, São Paulo, SP
Entrada gratuita
Importante! Sua inscrição será garantida até o horário indicado para o início do evento.
Clique aqui para se inscrever

Programação

18h30 às 19h00Credenciamento e Café de Boas-vindas

19h00 às 19h30 Mesa de Abertura

Maria Rozinete Gonçalves - Conselheira Vice-Presidente do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06

Reginaldo Branco da Silva - Conselheiro do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06

Maria Orlene Daré - Psicóloga integrante da Comissão de Direitos Humanos do Conselho Federal de Psicologia. Foi membra do Conselho Municipal de Direitos Humanos e Comissão de Verdade de Bauru.

19h30 às 22h00Palestras e Debate

Lucio Costa - Psicólogo, mestre em Educação pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e perito do Mecanismo Nacional de Prevenção e Combate à Tortura. Psicalista em formação pela Sociedade de Psicanálise de Brasília (SPB).

Mediação
Rodrigo Fernando Pressoto - Conselheiro do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06

22h00Encerramento


Informações:
Departamento de Eventos do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06
Tel.: 11 - 3061.9494, ramais 334, 336, 337, 355, 356 e 357
E-mail: eventos04@crpsp.org.br
Estacionamento:
Ellus Park
Rua Cardeal Arcoverde, 201, Jardim América, São Paulo, SP
Para obter o desconto, retire o selo na recepção do CRP SP




A Prática do Coaching na Trajetória Profissional da Psicologia Organizacional

Data: 05 de Dezembro de 2018 (quarta-feira)
Horário: 18h00 às 22h00
Local: Auditório do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP SP
Endereço: Rua Arruda Alvim, 89, Jd. América, São Paulo, SP
Entrada gratuita
Importante! Sua inscrição será garantida até o horário indicado para o início do evento.
Clique aqui para se inscrever

Na contemporaneidade, a prática do coaching vem sendo utilizada pelo psicólogo organizacional, porém, também por outros profissionais de forma divergente daquela defendida pela psicologia que aposta na consistência e profundidade técnica e teórica desse recurso metodológico.

Nessas condições, entende-se ser urgente a promoção de um debate junto à categoria para construção de um cenário favorável e de qualidade ao trabalho da psicologia organizacional.



Programação

18h00 às 19h00Credenciamento e Café de Boas-vindas

19h00 às 19h30 Mesa de Abertura

Magna Barbosa Damasceno - Conselheira do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06.

Jumara Silvia Van De Velde - Doutora em Administração de Recursos Humanos pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Especialização em Docência na Saúde - MS / UFRGS. Psicóloga, e Bacharel em Psicologia e com Licenciatura plena em Psicologia pela FFCL FARIAS BRITO - Universidade Guarulhos. Experiência na área de Psicologia, Organizações e Trabalho (Gestão de Pessoas e Saúde do Trabalhador), Psicologia e Saúde, Saúde Coletiva e Bioética. Coordenadora do Grupo de Pesquisa Saúde e Subjetividade do Trabalhador (CNpq). Atualmente docente da Faculdade Anhanguera - Guarulhos - SP. Coordenadora do curso de Psicologia da Universidade Guarulhos de 2005 a 2015. Coordenadora, do Comitê de Ética em Pesquisa com Humanos (CEP/UnG) 2008-2014.

19h30 às 21h00Palestras

Ana Cristina Limongi-França - Professora Titular da Universidade de São Paulo - FEA/EAD (atual). Pró-Reitora de Cultura e Extensão Universitária da Universidade de São Paulo PRCEU - Pró-Tempore (2016-2018). Psicóloga FFCL São Marcos. Mestre em Psicologia Social PUCSP Doutora em Administração -pela FEA/USP . Livre-Docência Interfaces da Gestão da Qualidade de Vida no Trabalho. Coordenadora da Fundação Instituto da Administração - FIA. Professora convidada no Instituto Politécnico e Universitário Maputo - Mz. Professora Visitante na Universidad Del Valle - Cali, Colômbia. Linhas de pesquisa: Psicologia Organizacional e do Trabalho - POT com ênfase em Gestão da Qualidade de Vida no Trabalho; Psicossomática, Stress e Trabalho, Metodologia Biopsicossocial e Organizacional - BPSO. Especialização em Desenvolvimento Empresarial FTDE - POLI USP.

Guilherme Henrique Lima Barati - Trajetória baseada nas áreas da Educação, Administração, Psicologia Social e Psicanálise. Doutor em educação pela Faculdade de Educação, Núcleo de Estudos em Trabalho, Saúde e Subjetividade - UNICAMP. É membro pesquisador do grupo de estudos em trabalho, saúde e subjetividade da Faculdade de Educação da Unicamp. Atuação na área de Coaching e Counselling em empresas multinacionais de grande porte dos seguintes segmentos: transmissão de energia, financeiro, educação, químico, papel e celulose, construção civil, financeiro, agronegócio e siderúrgico. Atuação com Coaching Executivo e Coaching de Carreira em processos de sucessão e formação de jovens talentos. Público: Trainees, Gerentes, Diretores e CEO's. Implantação e desenvolvimento de gestão por competências: definição das competências críticas, estruturação e monitoramento do processo de avaliação 360º e 90º.

Mediação:
Luiz Carlos Francisco Junior - Mestre em bioética pelo Centro Universitário São Camilo com título de especialista em psicologia organizacional pelo CRP-SP e certificação em life coaching pela Sociedade Latino-americana de Coaching. Graduado em Psicologia pela UNESP, com especialização em Gestão Estratégica de RH, Docência do Ensino Superior e Gestão em Administração Pública pela Universidade Castelo Branco em parceria com o Exército Brasileiro e UNESCO.

21h00 às 21h30Debate

21h30 Encerramento


Informações:
Departamento de Eventos do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06
Tel.: 11 - 3061.9494, ramais 334, 336, 337, 355, 356 e 357
E-mail: eventos02@crpsp.org.br
Estacionamento:
Ellus Park
Rua Cardeal Arcoverde, 201, Jardim América, São Paulo, SP
Para obter o desconto, retire o selo na recepção do CRP SP


Encontro aberto - Construindo referências técnicas para a atuação das psicólogas na Rede de Atenção Psicossocial (RAPS)

Data: 30 de novembro de 2018 (sexta-feira)
Horário: 13h30 às 17h00
Local: Espaço Psi - Auditório do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP SP
Endereço: Rua Arruda Alvim, 89, Jd. América, São Paulo, SP
Entrada gratuita
Importante! Sua inscrição será garantida até o horário indicado para o início do evento.
Clique aqui para se inscrever

Programação

13h00 às 13h30Credenciamento e Café de Boas-vindas

13h30 às 14h00Abertura e apresentação da pesquisa da RAPS

Beatriz Borges Brambilla - Conselheira do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06

14h30 às 15h00 A atuação das psicólogas na RAPS
Garantia, Proteção e defesa dos direitos das pessoas em sofrimento psíquico - contribuições da convenção das pessoas com deficiência e da lei brasileira de inclusão

Lúcio Costa

Fernanda Dutra Pinchiaro

15h10 às 15h40Debate

15h40 às 16h10 Formulação de proposta para o COREP

16h10 às 17h00 Planejamento com as representantes de subsedes e núcleos da organização da pesquisa

17h00Encerramento


Informações:
Departamento de Eventos do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06
Tel.: 11 - 3061.9494, ramais 334, 336, 337, 355, 356 e 357
E-mail: eventos04@crpsp.org.br
Estacionamento:
Ellus Park
Rua Cardeal Arcoverde, 201, Jardim América, São Paulo, SP
Para obter o desconto, retire o selo na recepção do CRP SP




Encontro Aberto do Núcleo de Psicologia Organizacional e do Trabalho

Data: 29 de novembro de 2018 (quinta-feira)
Horário: 18h30 às 20h30
Local: Espaço Psi - Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06
Endereço: Rua Arruda Alvim, 89, Jd. América, São Paulo, SP
Entrada gratuita
Importante! Sua inscrição será garantida até o horário indicado para o início do evento.
Clique aqui para se inscrever

Programação

18h30 às 19h00 Credenciamento e Café de Boas-vindas

19h00 às 19h30 Mesa de Abertura

Raizel Rechtman - Psicóloga, Doutoranda e Mestre em Educação: Psicologia da Educação na PUC - SP. Participante do grupo de pesquisa "A Dimensão subjetiva da Desigualdade Social: suas diversas expressões". Possui experiência em pesquisa, ensino e consultoria educacional e organizacional. Foi Especialista em Desenvolvimento Humano e Coordenadora de Gestão Educacional no RH da empresa de TI ClearSale. Está na coordenação da Associação Brasileira de Ensino de Psicologia Núcleo SP - Metropolitano, é membro da Comissão de Políticas Públicas e da Comissão de Ética do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo.

19h30 às 20h00 Debate

20h00 às 20h30Formulação da Proposta

20h30Encerramento


Informações:
Departamento de Eventos do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06
Tel.: 11 - 3061.9494, ramais 334, 336, 337, 355, 356 e 357
E-mail: eventos06@crpsp.org.br
Estacionamento:
Ellus Park
Rua Cardeal Arcoverde, 201, Jardim América, São Paulo, SP
Para obter o desconto, retire o selo na recepção do CRP SP



Mudar a escola ou mudar as crianças? Reflexões e práticas democráticas e transformadoras para uma nova educação

Data: 26 de Novembro de 2018 (segunda-feira)
Horário: 18h00 às 22h00
Local: Auditório da UNIB - Universidade Ibirapuera
Endereço: Avenida Interlagos, 1329, São Paulo, SP.
Entrada gratuita
Importante! Sua inscrição será garantida até o horário indicado para o início do evento.
Clique aqui para se inscrever

Com o objetivo de oferecer para comunidade profissional e pré-profissional atuações sólidas e alternativas no campo da educação e da psicologia da educação, bem como, motivadas por um movimento mundial que reconhece atividades públicas e privadas na área, o CRP, em parceria com a Universidade UNIB, propõe uma roda de conversa com estudantes, educadores e sociedade em geral, destacando escolas públicas com praticas inovadoras e transformadoras. Mais do que nunca necessitamos repensar a educação, a escola, a universidade, repensar as práticas educacionais e as práticas da psicologia educacional, a fim de termos condições de oferecer uma educação pautada na qualidade e na justiça social para todas e todos.
Salientamos que é de competência do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo manter a categoria atualizada sobre práticas profissionais no campo da educação, divulgar, debater e problematizar, através de ações constantes pela democratização da sociedade e da escola.



Programação

18h30 às 18h45Credenciamento e Café de Boas-vindas

18h45 às 19h00 Mesa de Abertura

Maria Rozineti Gonçalves - Conselheira Vice-Presidente do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06.

Lilian Suzuki - Coordenadora do Núcleo Educação e Medicalização do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06.

Representante da Universidade Ibirapuera - UNIB

Brisa B. Campos - Formada em psicologia pela PUC-SP, com mestrado em educação na mesma instituição. Tem experiência com formulação, gestão e execução de políticas educacionais. Atualmente é professora universitária e psicóloga clínica de adolescentes e adultos.

19h00 às 21h00Mesas Temáticas

Experiências transformadoras em Educação
Natan Campinas Brausntein - Estudante Universitário e ex-aluno da EMEF Desembargador Amorim Lima.
Damaris de Oliveira Gallis - Diretora da EMEI Decio Trujillo.
Cleide Portis - Professora da EMEF Desembargador Amorim Lima.

Desemparedamento da Infância
Beatriz de Paula Souza - Psicóloga e Mestre em Psicologia Escolar pelo Instituto de Psicologia da USP, onde coordena o serviço Orientação à Queixa Escolar. Organizadora dos livros Orientação à Queixa Escolar, Saúde e Educação: muito prazer! e Medicalização de Crianças e Adolescentes e autora de Histórias de Educação: viagens e "viagens". Membro do Fórum sobre Medicalização da Educação e da Sociedade, do GIQE e da ABRAPEE.

Escolas Transformadoras
Denis Plaper - Conferência Nacional de Alternativas para uma Nova Educação. Sociólogo pela PUC-SP e Mestre em Filosofia da Educação pela FE-USP. Como professor/educador trabalhou com os meninos da Fundação Casa, com EJA e por dez anos no Colégio Viver, onde também foi Coordenador. Idealizador do Portal do Educador e da Rede de Escolas Desmedicalizadas, foi Co-criador da Rede Nacional de Educação Democrática e colaborador da CONANE (Conferência Nacional de Alternativas para Uma Nova Educação). Atuou também para o MEC no projeto de fomento a Inovação e Criatividade na Educação Básica e como consultor para Transparência Brasil.

Mediação: Brisa B. Campos

21h00 às 21h30Debate

21h30 às 22h00Encerramento


Informações:
Departamento de Eventos do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06
Tel.: 11 - 3061.9494, ramais 334, 336, 337, 355, 356 e 357
E-mail: eventos02@crpsp.org.br




A construção da práxis da psicologia sob a perspectiva integrativa

Data: 24 de Novembro de 2018 (sábado)
Horário: 08h00 às 18h00
Local: Casa Fontes de Cuidados
Endereço: Rua Ouvidor Peleja, 232, Vila Mariana, São Paulo, SP.
Entrada gratuita
Importante! Sua inscrição será garantida até o horário indicado para o início do evento.
Clique aqui para se inscrever

Em um panorama de desmantelamento das políticas públicas e da garantia de direitos básicos à população, inclusive das premissas de oferta de serviços de saúde pública que garantam a prioridade da promoção à saúde, com equipes multidisciplinares que garantam um olhar integral à população. É urgente debater a importância da construção da prática e do olhar integrativo da psicóloga, bem como a importância da presença das práticas integrativas e complementares no âmbito da psicologia.

Programação

08h00 às 09h00Credenciamento e Café de Boas-vindas

09h00 às 09h30 Mesa de Abertura

Beatriz Borges Brambilla - Conselheira do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06.

Mércia Gomes da Silva - Professora e supervisora clínica na Universidade Paulista (UNIP), atua com Plantão Psicológico, Psicodiagnóstico Colaborativo e Oficinas de Criatividade. Além disso, é psicoterapeuta. Mestra em psicologia clínica pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP), foi bolsista da CAPES, é arteterapeuta. Graduou-se em psicologia pela UNICAP no ano de 2009. Possui experiência em intervenção psicossocial no campo das políticas de assistência social (SUAS) e em organizações do terceiro setor. Tendo realizado atividades com grupos de convivência e trabalhos psicoeducativos com famílias e comunidades periféricas. Possui experiência em saúde mental, especialmente com usuários de crack e outras drogas, atuando na perspectiva da redução de danos e do consultório de rua.

09h30 às 10h45Palestra

Sissy Veloso Fontes - Professora Afiliada do Departamento de Neurologia e Neurocirurgia da Universidade Federal de São Paulo (2013), Doutorado em Ciências pela Universidade Federal de São Paulo (2004), Mestrado em Neurociências pela Universidade Federal de São Paulo (1997), Graduada em Fisioterapia pela Universidade Bandeirante de São Paulo (1993) e, em Educação Física pela Universidade Metropolitana de Santos (1989), Fisioterapeuta, Pesquisadora e Coordenadora do Ambulatório de Cuidados Integrativos da Disciplina de Neurologia Clínica do Departamento de Neurologia e Neurocirurgia da Unifesp, Coordenadora da Equipe do Curso de Especialização em Teorias e Técnicas para Cuidados Integrativos da Unifesp, Coordenadora do Núcleo de Cuidados Integrativos do Departamento de Neurologia e Neurocirurgia da UNIFESP, Membro Fundadora e Coordenadora do Núcleo de Medicina e Práticas Integrativas e Complementares (NUMEPI) da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PROEC) da Unifesp. Tem experiência na área de Fisioterapia e Terapia Ocupacional, com ênfase em Fisioterapia Neurofuncional, atuando, principalmente nos seguintes temas: propedêutica neurológica, semiologia cinesiológica funcional, doenças cerebrovasculares, doenças neuromusculares, práticas integrativas e complementares, cuidados integrativos, saúde e espiritualidade.

10h45 às 11h00Perguntas e contribuições dos participantes

11h00 às 12h30Vivência integrativa

Sissy Veloso Fontes e Mércia Gomes da Silva

12h30 às 13h00Roda de partilha sobre a vivência

13h00 às 14h00Intervalo para o almoço

14h00 às 14h10Abertura de Mesa - Mércia Gomes da Silva

14h10 às 15h10Arteterapia

Patrícia Pinna Bernardo - possui graduação em Psicologia pela Universidade de São Paulo (1982), graduação em Licenciarura em Educação Artística pela Fundação Armando Álvares Penteado (1980), mestrado em Psicologia (Psicologia Clínica) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1994), doutorado em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano pela Universidade de São Paulo (2001) e Pós-doutorado em Educação (sobre o tema: Arteterapia e Mitologia Criativa) pela Universidade de São Paulo. Atualmente é coordenadora, orientadora e professora da Pós-graduação em Arteterapia da Universidade Paulista, psicóloga e arteterapeuta - consultório próprio. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Arteterapia, atuando principalmente nos seguintes temas: ecologia profunda, psicologia junguiana, arteterapia, recursos expressivos e mitologia de diversos povos.

15h10 às 16h10Dança Circular Sâmia Inaty Smaira

16h10 às 17h10Meditação Ativa

Luciane de Andrade Barreto - Doutoranda pelo Departamento de Medicina Translacional e Mestre em Ciências (UNIFESP/2010); Especialista em Teorias e Técnicas para Cuidados Integrativos (2015), Psicologia do Esporte (2004) e Psicoterapia Ambulatorial (UNIFESP/2003); graduada em Psicologia (UNIP/2000) e em Educação Física (UNISA/1990). Atualmente é Supervisora de estágio em Psicologia da Saúde (UNIP), bem como psicóloga e pesquisadora da UNIFESP, desenvolvendo diversos projetos na área de Distúrbios do Sono, Práticas Integrativas e Complementares, sendo colaboradora do Ambulatório de Cuidados Integrativos. Atua também em Psicologia Clínica no setor público e privado, incluindo avaliações e atendimento a atletas, esportistas e pacientes com transtornos alimentares e psiquiátricos. Autora de capítulos de livros sobre Distúrbios de Sono, além de participação e apresentação de trabalhos em diversos congressos nacionais e internacionais de variadas áreas do conhecimento (Ciências do Esporte, Distúrbios do Sono, Psicologia, entre outras). Atua também como facilitadora de meditação ativa e Constelação Familiar Sistêmica.

17h10 às 18h00Roda de Debates entre participantes e palestrantes

18h00Encerramento


Informações:
Departamento de Eventos do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06
Tel.: 11 - 3061.9494, ramais 334, 336, 337, 355, 356 e 357
E-mail: eventos06@crpsp.org.br


Encontro com Professoras/es de Psicologia: construindo espaços de troca, apoio e resistência na formação

Data: 24 de Novembro de 2018 (sábado)
Horário: 09h00 às 13h00
Local: Anfiteatro Paula Souza - Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo - USP.
Endereço: Av. Dr. Arnaldo, 715, Cerqueira Cesar, São Paulo, SP
Entrada gratuita
Importante! Sua inscrição será garantida até o horário indicado para o início do evento.
Clique aqui para se inscrever

Este evento faz parte das ações do sistema conselhos sobre o Ano da Formação em Psicologia. Nós do CRP SP e ABEP entendemos que este é momento estratégico de mobilização e qualificação do debate sobre o compromisso ético-político da formação em Psicologia. Dessa forma o nosso objetivo é aproximar docentes, supervisores de estágio e coordenadores de cursos de Psicologia e dialogar eixos transversais como Ética, Avaliação Psicológica e Compromisso Social.

Programação

08h30 às 09h00Credenciamento e Café de Boas-vindas

09h00 às 09h30 Mesa de Abertura

Rodrigo Toledo - Conselheiro do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06.

Raizel Rechtman - Psicóloga, Doutoranda e Mestre em Educação: Psicologia da Educação na PUC - SP. Participante do grupo de pesquisa "A Dimensão subjetiva da Desigualdade Social: suas diversas expressões". Possui experiência em pesquisa, ensino e consultoria educacional na formação formal e não formal de jovens e adultos. Atualmente é Coordenadora da ABEP SP - Metropolitano e Especialista em Desenvolvimento Humano na ClearSale.

09h30 às 11h30Compartilhamento de Experiências

11h30 às 13h00Debate

13h00 Encerramento


Informações:
Departamento de Eventos do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06
Tel.: 11 - 3061.9494, ramais 334, 336, 337, 355, 356 e 357
E-mail: eventos02@crpsp.org.br
Estacionamento:
Ellus Park
Rua Cardeal Arcoverde, 201, Jardim América, São Paulo, SP
Para obter o desconto, retire o selo na recepção do CRP SP




Entrega do Prêmio Jonathas Salathiel de Psicologia e Relações Raciais

O CRP SP convida amigas e amigos, familiares, profissionais, estudantes de Psicologia, artistas e grupos de populares difusores da cultura negra, a participarem do Prêmio "Jonathas Salathiel de Psicologia e Relações Raciais". Temos como finalidade premiar trabalhos científicos e artísticos que dialogam com a produção em saúde mental e relações raciais. O evento, sobretudo, expressa a gratidão da Psicologia no Estado de São Paulo a Jonathas José Salathiel da Silva que foi um grande colaborador, amigo e conselheiro para a construção de uma profissão comprometida com a igualdade racial.

Data: 24 de novembro de 2018 (sábado)
Horário: 08h00 às 12h30
Local: Hotel Excelsior
Endereço: Av. Ipiranga, 770, República, São Paulo, SP.
Entrada gratuita
Importante! Sua inscrição será garantida até o horário indicado para o início do evento.
Clique aqui para se inscrever



Programação

08h00 às 9h00Credenciamento e Café de Boas-vindas

09h00 às 9h30Acolhida - Café com Contação de história

09h30 às 10h00 Roda de Início

10h00 às 10h30 Partilha das Ideias

Ivani Francisco de Oliveira - Conselheira do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06.

Márcia Miranda Santos - Coordenadora do Núcleo Psicologia e Relações Etnicorraciais do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06.

10h30 às 11h00Apresentação das Práticas enviadas

11h00 às 12h00Entrega do prêmio Jonathas Salathiel

12h00 às 12h30Roda de Continuação Poética

12h30 Encerramento


Informações:
Departamento de Eventos do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06
Tel.: 11 - 3061.9494, ramais 334, 336, 337, 355, 356 e 357
E-mail: eventos04@crpsp.org.br


EU DIGO NÃO à Medicalização e à Patologização da Educação

Data: 24 de Novembro de 2018 (sábado)
Horário: 08h30 às 16h00
Local: Mini-Auditório da UNIP - Universidade Paulista - Campus Paraiso
Endereço: Rua Vergueiro, Rua Vergueiro, 1211 - Aclimação, São Paulo
Entrada gratuita
Importante! Sua inscrição será garantida até o horário indicado para o início do evento.
Clique aqui para se inscrever

Cada vez mais a sociedade se vê afetada por processos medicalizantes que naturalizam problemas de ordem social, econômica, política, institucional e os atribuem a questões individuais. A infância e a juventude estão em risco, a realização cada vez mais precoce de cirurgias em jovens por culto a um determinado tipo de beleza, alarmantes usos de Ritalina em vestibulandos ou estudantes pressionados por exigências acadêmicas, excessivos diagnósticos de TDAH, TOD e dislexia em decorrências de um suposto mau desempenho ou comportamento na escola, contenção química a adolescentes em medidas protetivas ou socioeducativas, capacitismo em relação às pessoas com deficiência, e a tantas outras esferas aonde vem se dando a busca pela captura das subjetividades por processos biologizantes e patologizantes - bioidentidades - e uma tendência ao silenciamento e apagamento das singularidades.

O Conselho Regional de Psicologia de São Paulo por reconhecer a complexidade do fenômeno da medicalização propõe neste evento um diálogo a partir de diferentes perspectivas profissionais e territoriais, considerando os marcadores de classe, raça, gênero e pobreza.

Essa ação visa a contribuir nas políticas públicas de forma a eliminar qualquer forma de discriminação e preconceito, promovendo a diversidade e enfrentando práticas patologizantes e medicalizantes.


Programação

08h30 às 09h00Credenciamento e Café de Boas-vindas

09h00 às 09h30 Mesa de Abertura

Maria Rozineti Gonçalves - Conselheira Vice-Presidente do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06.

Representante da UNIP - Universidade Paulista.

Marilene Proença Rebello de Souza - Representante do Fórum sobre Medicalização da Educação e da Sociedade

Rosângela Villar - Representante do Movimento Despatologiza.

Lilian Suzuki - Coordenadora do Núcleo Educação e Medicalização do CRP SP.

09h30 às 10h10Palestra

Helena Rego Monteiro - Doutora em Psicologia (UFF), possui graduação em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1990), especialização em Teorias e Práticas Psicológicas em Instituições Públicas - Clínica Transdisciplinar pela Universidade Federal Fluminense (1998) e mestrado em Educação pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIIRIO (2006). Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia Clínica e na área Educacional, atuando principalmente nos seguintes temas: Medicalização da Vida Escolar, Saúde do Professor, Formação de Professores e relação entre os campos da Saúde e da Educação.

Mediação

Maria Rozineti Gonçalves - Conselheira Vice-Presidente do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06

10h10 às 11h10Estado da Arte - Voz dos Territórios: desafios e proposições da Psicologia no Estado de São Paulo

11h10 às 11h45Debates

11h45 às 12h00Apresentação Cultural - Gustavo Braunstein

12h00 às 13h00Lanche

13h00 às 15h00 Palestras

A Psicologia e a Medicalização da Educação
Anabela Almeida Costa e Santos Perreta
- Possui graduação em Psicologia pela Universidade de São Paulo (1997), aperfeiçoamento em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1999), mestrado e doutorado em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano pela Universidade de São Paulo (2002 e 2008, respectivamente). Atualmente é Professora Adjunto 4 da Universidade Federal de Uberlândia, onde ministra aulas na graduação em Psicologia e em cursos de Licenciatura, supervisiona estágio em Psicologia Escolar. É membro do Núcleo Uberlândia do Fórum sobre Medicalização da Educação e da Sociedade. Tem desenvolvido pesquisas sobre a atuação e formação do psicólogo para atuar no campo da educação e sobre a medicalização da educação. Tem experiência na área de Psicologia Escolar. Atuando principalmente nos seguintes temas: atuação e formação do psicólogo escolar, registros escolares, cadernos escolares, medicalização da educação, pesquisa etnográfica, escola pública, cotidiano escolar.

A Fonoaudiologia e a Medicalização da Educação
Vera Regina Vitagliano Teixeira
- Possui graduação em Fonoaudiologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1972) e mestrado em Fonoaudiologia pela mesma instituição (2004). É professora assistente mestre do Departamento de Clinica Fonoaudiológica e Fisioterápica da Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde da PUC-SP. Título de especialista em Linguagem concedido pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia - CFFa. Exerceu a Coordenação Didática do Curso de Fonoaudiologia da PUC-SP de agosto de 2007 a julho de 2009 e a Chefia do Departamento de Clinica Fonoaudiológica e Fisioterápica de agosto de 2011 a julho de 2015 . Atualmente ministra disciplinas nos Cursos de Fonoaudiologia, Fisioterapia e de Especialização em Psicopedagogia da COGEAE/PUC-SP. Tem experiência na área de Fonoaudiologia, com ênfase em linguagem oral/escrita, motricidade orofacial e surdez, sendo que suas áreas de atuação envolvem a atividade clínica em consultório e de assessoria em Fonoaudiologia Educacional. Tem interesse nos seguintes temas: linguagem, surdez, formação e avaliação acadêmica, supervisão clínica, fonoaudiologia e educação. Faz parte da Associação Palavra Criativa e, no momento, exerce a função de diretora geral. Atualmente é conselheira do 11o. Colegiado do Conselho Regional de Fonoaudiologia - 2a região, exercendo a vice-presidência do referido órgão.

A Psiquiatria e a Medicalização da Educação
Rossano Cabral Lima
- possui graduação em Medicina pela Universidade Federal de Juiz de Fora (1995), residência em Psiquiatria (1998) e Psiquiatria Infantil (1999) pelo Instituto Municipal Philippe Pinel - RJ, mestrado (2004) e doutorado (2010) em Saúde Coletiva pelo Instituto de Medicina Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, com doutorado sanduíche no Instituto Max Planck de História da Ciência (Berlim, Alemanha). Trabalhou na rede de atenção psicossocial do município do Rio de Janeiro (CAPS Pedro Pellegrino e CAPSi Eliza Santa Roza) e foi supervisor clínico-institucional do CAPSIJ Duque de Caxias-RJ. Foi Professor Visitante do NUPPSAM/IPUB/UFRJ (2011) e desde 2012 é Professor Adjunto do Instituto de Medicina Social da UERJ, do qual é Vice-Diretor desde 2016. Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Psiquiatria, atuando principalmente nos seguintes temas: saúde mental de crianças e adolescentes, políticas públicas de saúde mental, Centros de Atenção Psicossocial, diagnósticos psiquiátricos e identidades sociais, saúde mental global, medicalização, transtorno do déficit de atenção/hiperatividade e transtornos do espectro autista.

A Pedagogia/Educação e a Medicalização
Cecilia Collares
- Possui graduação em Pedagogia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1961), mestrado em Educação (Psicologia da Educação) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1977); doutorado em Sociologia e Política pela Fundação Escola de Sociologia e Política da USP (1981) e Livre-Docência em Psicologia Educacional pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Docente da Faculdade de Educação da UNICAMP, no Departamento de Psicologia Educacional, atualmente aposentada. Sua atuação em ensino, pesquisa e extensão é no campo da Educação, em especial nas áreas ligadas a fracasso escolar, escola, formação de professores e medicalização dos processos ensino-aprendizagem. Publicou inúmeros artigos em periódicos científicos nas áreas de Educação e Psicologia. É autora do Livro Preconceitos no Cotidiano Escolar. Ensino e Medicalização. É militante do DESPATOLOGIZA - Movimento pela Despatologização da Vida, que tem articulado reflexões críticas e ações que buscam enfrentar e superar os processos medicalizantes da vida de crianças e adolescentes.

Mediação
Anabela Almeida Costa e Santos Perreta
- Possui graduação em Psicologia pela Universidade de São Paulo (1997), aperfeiçoamento em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1999), mestrado e doutorado em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano pela Universidade de São Paulo (2002 e 2008, respectivamente). Atualmente é Professora Adjunto 4 da Universidade Federal de Uberlândia, onde ministra aulas na graduação em Psicologia e em cursos de Licenciatura, supervisiona estágio em Psicologia Escolar. É membro do Núcleo Uberlândia do Fórum sobre Medicalização da Educação e da Sociedade. Tem desenvolvido pesquisas sobre a atuação e formação do psicólogo para atuar no campo da educação e sobre a medicalização da educação. Tem experiência na área de Psicologia Escolar. Atuando principalmente nos seguintes temas: atuação e formação do psicólogo escolar, registros escolares, cadernos escolares, medicalização da educação, pesquisa etnográfica, escola pública, cotidiano.

15h00 às 16h00Debates

16h00Encerramento


Informações:
Departamento de Eventos do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06
Tel.: 11 - 3061.9494, ramais 334, 336, 337, 355, 356 e 357
E-mail: eventos03@crpsp.org.br


Dimensão Subjetiva e Luta Indígena

Data: 10 de Novembro de 2018 (sábado)
Horário: 14h00 às 17h30
Local: Matilha Cultural
Endereço: Rua Rêgo Freitas, 542, República, São Paulo, SP
Entrada gratuita
Importante! Sua inscrição será garantida até o horário indicado para o início do evento.
Clique aqui para se inscrever

Cine-Debate com o documentário "O Jabuti e a Anta"
Após a grande seca que acabou com os estoques de água nos reservatórios da região do sudeste, a documentarista Eliza Capai decide investigar as faraônicas obras de reservatórios na região da floresta Amazônica, conversando com a população ribeirinha, os pescadores e os indígenas que habitam as margens dos rios Xingu, Tapajós e Ene.

Programação

14h00 às 14h30Credenciamento e Café de Boas-vindas

14h30 às 14h45 Mesa de Abertura

14h45 às 16h00Exibição "O Jabuti e a Anta"

16h00 às 17h15Debate

17h15 às 17h30Considerações finais e Encerramento


"O Jabuti e a Anta"
Gênero: Documentário
Ano: 2016
Brasil

A seca em São Paulo é o ponto de partida da viagem. Inquieta com as imagens dos reservatórios de hidrelétricas vazios no sudeste do Brasil, uma documentarista busca entender estas obras faraônicas, agora construídas no meio da floresta Amazônica. Entre os rios Xingu, Tapajós e Ene, ecoam vozes de ribeirinhos, pescadores e povos indígenas atropelados pela chegada do chamado desenvolvimento. Um boat movie e uma reflexão sobre os impactos de nossos estilos de vida.

Ficha Técnica
Produção Executiva: Marina Yamaoka | Produção: Marina Yamaoka e Eliza Capai | Edição: Eva Randolph | Locução: Leticia Sabatella | Coprodução: Greenpeace Brasil, Usina Da Imagem, daesquina Produção Audiovisual, 1979 Music Lab & Collab. | Mobilização e distribuição: Taturana Mobilização Social


Informações:
Departamento de Eventos do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06
Tel.: 11 - 3061.9494, ramais 334, 336, 337, 355, 356 e 357
E-mail: eventos06@crpsp.org.br

A importância da inclusão do tema gestão de riscos e desastres nos cursos de Psicologia

Data: 08 de novembro de 2018 (quinta-feira)
Horário: 18h30 às 22h00
Local: Anfiteatro da UNINOVE - Universidade Nove de Julho, Unidade Memorial
Endereço: Av. Francisco Matarazzo, 364, 2º subsolo - Prédio C, Barra Funda, São Paulo, SP.
Entrada gratuita
Importante! Sua inscrição será garantida até o horário indicado para o início do evento.
Clique aqui para se inscrever

Esse evento, em parceria com a Universidade UNINOVE, tem como objetivo debater a importância da discussão do tema Psicologia em Emergências e Desastres nos cursos de Psicologia e apresentar uma experiência de ensino dessa matéria no curso de Psicologia da UNINOVE.

Programação

18h30 às 19h00 Credenciamento e Café de Boas-vindas

19h00 às 19h15 Mesa de Abertura

Reginaldo Branco da Silva - Conselheiro de Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06.

Daniela Uga - Possui graduação em Psicologia pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), Mestrado em Psicologia Clínica pela Universidade de São Paulo (USP) e Doutorado pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (USP). É Coordenadora do Curso de Psicologia da Universidade IX de Julho e também avaliadora do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES) - Ministério da Educação/INEP.

19h15 às 20h45Palestras

Raizel Rechtman - Psicóloga, Doutoranda e Mestre em Educação: Psicologia da Educação na PUC - SP. Participante do grupo de pesquisa "A Dimensão subjetiva da Desigualdade Social: suas diversas expressões". Possui experiência em pesquisa, ensino e consultoria educacional na formação formal e não formal de jovens e adultos. Atualmente é Coordenadora da ABEP SP - Metropolitano e Especialista em Desenvolvimento Humano na ClearSale.

Elaine Gomes dos Reis Alves - Psicóloga, Docente e Pesquisadora; Pós-doutorado pelo Instituto de Psicologia USP (IPUSP), tema de pesquisa: Crises, Emergências e Desastres; Doutora em Desenvolvimento Humano pelo IPUSP, tema: Perdas, Morte e Luto; Mestre em Bioética; Especialista em Psicologia do Luto; Membro do Laboratório de Estudos sobre a Morte - LEM-IPUSP; Membro do Núcleo de Emergências e Desastres - NED do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRPSP; Pesquisadora do Centro de Estudos e Pesquisas em Desastres - CEPED-USP; Sócia-Fundadora da Empresa Prestar Cuidados em Psicologia; Idealizadora do Núcleo de Intervenções Psicológicas em Emergências e Desastres - NIPED; Organizadora e Coordenadora de cursos; Livros e artigos publicados; Ministrou a disciplina de Pós-Graduação: Psicologia em Emergências e Desastres, no Instituto de Psicologia USP.Docente na Universidade Nove de Julho. Formada em Redução do Risco de Desastres pelo Centro Internacional de Formação, Organização Internacional do Trabalho da ONU - CIF/OIT/ONU, Turim, Itália.

Reginaldo Branco da Silva - Conselheiro de Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06.

20h45 às 21h30Espaço para manifestações

21h30Encerramento


Informações:
Departamento de Eventos do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06
Tel.: 11 - 3061.9494, ramais 334, 336, 337, 355, 356 e 357
E-mail: eventos06@crpsp.org.br